Porta 65 Jovem: Já não será necessário contrato de arrendamento prévio

Porta 65 Jovem: Já não será necessário contrato de arrendamento prévio

Porta 65 Jovem deixa de exigir contrato de arrendamento prévio e passa a pedir três recibos de vencimento, ao invés dos atuais seis. 

29 May 20242 min

Gostou do que leu? Partilhe!

Conheça as novas alterações ao programa de arrendamento Porta 65 Jovem 

O programa de arrendamento Porta 65 Jovem vai deixar de exigir um contrato de arrendamento prévio antes de ser disponibilizado o apoio. 

Além de passar a não ser necessário este contrato na candidatura ao programa, também serão apenas requeridos com três recibos de vencimento, face aos atuais seis. 

O Governo anunciou as novas medidas em Conselho de Ministros, pela ministra da Juventude e Modernização, Margarida Balseiro Lopes, segundo o Notícias ao Minuto.  

A previsão será que as medidas em causa entrem em vigor já no próximo período de candidaturas, em setembro

Em conferência de imprensa depois do Conselho de Ministros, a ministra deixou claro que o objetivo destas alterações será adequar as regras do apoio “à realidade dos jovens em Portugal”, como pode ler-se na notícia. Além disso, considera as medidas “relativamente simples do ponto de vista logístico”, mas com “um impacto muito real e concreto na vida dos jovens”. 

Note-se ainda que as alterações ao apoio vão incluir a eliminação da renda máxima como um fator de exclusão, para impedir, por exemplo, “que um candidato deixe de ser elegível ao apoio porque a casa que arranjou para arrendar custa 401 euros e o teto relativo ao concelho em causa é de 400 euros”, explica a notícia. 

Pode também ler-se que a ministra considera que o atual sistema “não faz sentido. Os jovens, em primeiro lugar, vão ao Portal da Habitação, vão candidatar-se e não vão anexar nenhum contrato, nem promessa de contrato. E o Estado vai dizer a este jovem qual é o valor do apoio que vai receber e, aí sim [...], o jovem vai à procura de casa de acordo com o valor que vai receber”, sendo que haverá um prazo de dois meses para o processo de procura.  

O programa Porta 65 Jovem é direcionado a jovens entre os 18 e 34 anos – em caso de casal, um dos membros pode ter 36 anos – que não tenham acesso a outros subsídios de apoio público à habitação. Conheça todas os requisitos aqui

Precisa de uma folga no orçamento para suportar os encargos mensais de arrendar uma casa? Conheça as soluções financeiras com que os intermediários de crédito do Poupança no Minuto o podem ajudar, e subscreva a nossa newsletter semanal para tornar a poupança num conceito presente no seu dia a dia! 

Newsletter

Assine a nossa newsletter e não perca nenhum conteúdo.



Simuladores